quarta-feira, 7 de julho de 2010

Guarapari "Cidade Saúde" - ES




Guarapari é um município brasileiro do estado do Espírito Santo. Sua população estimada em 2004 era de 108.120 habitantes. A distância de Vitória é 51 km, do Rio de Janeiro 474 km e de Belo Horizonte, 516 km.



Essa península de 580 km2 foi fundada em 1585 pelo padre jesuíta José de Anchieta. Seu nome é derivado de duas palavras de origem indígena: o prefixo Guara = garça e o sufixo Parim = manca.



O litoral de Guarapari é brindado com 17 praias, entre elas Setiba, excelente para a prática de surf e onde há uma reserva ecológica estadual.

Algumas das praias mais conhecidas:

Três praias


















Conjunto de pequenas praias separadas por rochedos, praticamente sem ondas, com areia fina e escura. A água é esverdeada e transparente, boa para mergulho e pesca submarina. Possui um extensa área de lazer, sombreada por árvores e coqueiros.

Santa Mônica
 Praia do Morro










Com quatro quilômetros de extensão, esta é uma das maiores praias de Guarapari. De um lado as ondas são fortes, do outro as águas são calmas. A areia é clara, fina e solta. A vida noturna é movimentada durante todo o verão. O turista encontra bares com música ao vivo, restaurantes e quiosques.

Praia da areia preta










Com faixas douradas e escuras, esta é a principal praia de areia monazítica de Guarapari. Além dos idosos que se enterram nas areias em busca de suas propriedades medicinais, muitos jovens freqüentam o local. É pequena, apenas 200m, e tem ondas fracas. Uma trilha sobre as pedras, no lado direito, leva à prainha das Pelotas, aos pés de uma falésia.

Praia dos Padres










Faz parte do complexo da Enseada Azul, mas fica escondida atrás de um morro coberto por uma mata. O acesso é feito por uma trilha, a partir da praia da Bacutia. Com apenas 50 m de extensão, tem águas verdes e ondas fracas. O dono do terreno em frente à praia cobra pelo estacionamento.

Enseada azul











Formada pelas praias de Guaibura, Bacutia e Mucumã, interligadas por areias brancas e finas. A área próxima à praia foi loteada e ganhou um bairro com casas de veraneio, Nova Guarapari. O costão rochoso do lado direito foi ocupado irregularmente, mas ainda é possível fazer passeios na área. Deste lado da praia, o mar é calmo e as águas formam um espelho esverdeado. No lado oposto existe um mirante, no alto de um morro. A água é tão cristalina que é possível mergulhar a 8 m de profundidade e encontrar o cargueiro alemão que naufragou em 1942, a 300 m da areia.

Aldeia da praia













Conjunto de praias calmas, de areia branca, que ficam entre rochedos. Como foram ocupadas por condomínio fechado, tornaram-se praticamente praias particulares. O acesso é difícil. Para chegar ao local, os aventureiros podem seguir pelas pedras da Praia da Cerca.

Praia do Meaípe


























Esta aldeia de pescadores é hoje um dos lugares mais badalados do Estado. A 6 km do centro da cidade, com acesso pela Rodovia do Sol (ES-60), esta praia já foi considerada uma das dez mais bonitas do Brasil pela Revista Quatro Rodas. As ondas são fracas e a areia grossa é contornada por castanheiras. Point dos modismos de verão, a vida noturna é agitada. Os restaurantes do local preparam os melhores frutos do mar do município. 

As mulheres do vilarejo, em sua maioria esposas de pescador, fazem as rendas de bilro, artesanato característico da cidade. Panos, caminhos de mesa, golas, rendas de metro em bico e entremeios são produzidos por encomenda. Os trabalhos estão expostos na Casa das Rendeiras, na orla marítima de Meaípe.


Guarapari conta com uma estrutura de mergulho do primeiro mundo, pronta para atender desde iniciantes até o mergulhador mais exigente.


A Operadora de Turismo Submarino local, Atlantes Guarapari, iniciou suas atividades em 1993 e já acompanhou milhares de pessoas até o fundo do mar. É uma das maiores estruturas de mergulho do Brasil e tem reconhecimento internacional de qualidade "PADI 5 Star - Gold Palm Resort". Seus Instrutores, Divemaster e demais profissionais são altamente treinados e experientes.

O Município possui também ótimos clubes aquáticos, além de aquários e exposições marinhas.


Dentre as ofertas de atrações da cidade, alguns destaques são: o Pedreira Adventures Park, em Perocão; a boite Luazul, em Nova Guarapari, Multiplace Mais, em Meaípe, e a Boate Esfiger, no bairro Boa Vista.

Pedreira a noite

























O clima da cidade é Tropical , com temperaturas normais, não apresenta grandes variações de temperatura graças a proximidade com o Litoral (maritimidade) , porém em partes elevadas do município, principalmente o distrito de Buenos Aires, apresentam temperaturas baixas no inverno por causa de sua altitude, na cidade venta muito forte, tanto durante o verão tanto durante o inverno junto com a umidade do ar, fazem a sensação térmica chegar a 10 ℃ na beira do mar, mesmo com temperaturas de 13 ℃, a maior temperatura já registrada foi de 38 ℃ e a menor foi de 3 ℃ (Buenos aires).

Ficou conhecida internacionalmente quando descobriu-se as propriedades medicinais de sua areia monazítica, daí a designação de "Cidade Saúde"..

Paisagem paradisíaca


As areias monazíticas de Guarapari foram descobertas em 1.898.   Estas areias,com virtudes alegadamente terapêuticas,   são indicadas para os casos de reumatismo articular e muscular, de artrite deformante e de diferentes etiologias, de nevralgias, mialgias e enfermidades muscular, alergias, sistema nervoso, gota, anemia, nervosismo de insônia, inapetência e perturbação digestiva. são indicadas para os casos de reumatismo articular e muscular, de artrite deformante e de diferentes etiologias, de nevralgias, mialgias e enfermidades muscular, alergias, sistema nervoso, gota, anemia, nervosismo de insônia, inapetência e perturbação digestiva. 

Um dos hotéis da cidade: Hotel Por do Sol



O fato de estar em Guarapari, já constitui um extraordinário elemento de tratamento, uma vez que a radioatividade atua no solo e na atmosfera, tanto dentro quanto fora das casas e dos hotéis, tanto nas praias quanto fora delas.

Por do sol em Guarapari



Parque Estadual Paulo César Vinha






















Situado no extremo norte do município, na faixa litorânea, o parque possui 1.500 ha de área, protegendo o ecossistema restinga, uma rica flora composta por orquídeas, bromélias, clúsias e outras espécies típicas de restinga. Conta com uma fauna variada: de pererecas endêmicas a saguis-da-cara-branca, cotias,jiboias, quatis, tamanduás e veados. Possui três lagoas de águas avermelhadas, mas somente uma, a Lagoa de Caraís, é aberta a visitação. Recebeu esse nome em homenagem ao biólogo Paulo C. Vinha, assassinado cruelmente nos limites do parque, enquanto fazia um levantamento fotográfico sobre líquens e fungos. Sua sede fica próxima ao bairro de Setiba, onde conta com guardas-parque e uma estrutura básica de apoio ao turista.


Fontes:
www.es.gov.br; http://upload.wikimedia.org; http://pt.wikipedia.org; http://www.viagensmaneiras.com; picasaweb.google.com




Relização:
http://conhecendomelhorobrasil.blogspot.com

Um comentário:

  1. Marli,como uma capixaba que se preze,conheço e muito bem esta linda cidade!Passei muitos e muitos verões na Praia do Morro.Adorei seu post!Me fez relembrar ótimos momentos.
    Bjos

    ResponderExcluir

Mensagem do formulário de comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget