quinta-feira, 8 de abril de 2010

Vitória - Cidade Presépio do Brasil

Vitória - Cidade Presépio do Brasil


Vitória é a capital do estado do Espírito Santo, e uma das três ilhas-capitais do Brasil (as outras são Florianópolis e São Luís). Está localizada na Região Sudeste.

Com uma população de 320.156 habitantes, segundo estimativas de 2009 do IBGE, a cidade é a quarta mais populosa do estado (atrás dos municípios limítrofes de sua região metropolitana: Vila Velha, Serra e Cariacica) e integra uma área geográfica de grande nível de urbanização denominada Região Metropolitana da Grande Vitória, compreendida pelos municípios de Vitória, Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana e Vila Velha.


Vitória é cercada pela Baía de Vitória, é uma ilha de tipo fluviomarinho, e é formada por várias ilhas, inclusive algumas a mais de 1100 km da costa.

Além da ilha principal, Vitória, fazem parte do município outras 34 ilhas e uma porção continental, perfazendo um total aproximado de 93,38 km². Originalmente eram 50 ilhas, muitas das quais foram agregadas por meio de aterro à ilha maior.

A cidade é uma das menores do território Brasileiro, com área de apenas 93,381 km² e uma população de 317.817 habitantes. Além disso, 40% da área da cidade é montanhosa, ou seja, não é possível grande expansão no local.

Vitória é a segunda capital brasileira com a melhor qualidade de vida, de acordo com as pesquisas da Fundação Getúlio Vargas[carece de fontes?], esta mesma instituição de pesquisa também afirma que Vitória é a 9º melhor cidade do Brasil para trabalhar. A capital do Espírito Santo tem a maior renda per capita e o 3º melhor IDH entre as capitais do Brasil.

A Cidade se divide em Alta, onde se localizam os monumentos históricos e reservas de área verde; e Baixa, onde estão o comércio, os portos e as praias. Elas se ligam através de escadarias.São muitas as escadarias, embelezando a cidade, especialmente no centro.

                                                     Escadaria Maria Ortiz
Inaugurada em 1824, a escadaria foi construída na antiga Ladeira do Pelourinho, ligando a Cidade Alta à Baixa.

Originalmente, os provenientes de Vitória eram chamados de "capixava", cuja origem na língua Tupi significa: lugar para se plantar; Terreno de pequena lavoura (em especial de mandioca, milho, feijão, etc.). Por extensão, adotou-se o gentílico capixaba para todos os nascidos no Estado do Espírito Santo.

A capital capixaba conta com 74 bairros distribuídos pela ilha e região continental. Os bairros mais nobres, como Praia do Canto, o Barro Vermelho, a Enseada do Suá, Ilha do Frade, Ilha do Boi e Mata da Praia, estão situados ao norte e ao leste, e os mais carentes à sudoeste do Município.

                                                  Praia do canto e ilha do frade

Ponte Desembargador Pais Barreto e prédios da Praia do Canto ao fundo

Enseada do Suá, um dos centros comerciais da Ilha


A economia de Vitória é voltada para as atividades portuárias, ao comércio ativo, a indústria, a prestação de serviços e também ao turismo de negócios. A capital capixaba conta com dois portos que são dos mais importantes do país: O Porto de Vitória e o Porto de Tubarão.

Porto de Vitória: é o principal terminal de transporte marítimo da cidade.


 
Porto de Tubarão: Inaugurado em 1966, é o maior porto exportador de minério de ferro do Brasil, com  fábricas em seu interior que transformam o minério bruto em "pelets", pequenas pelotas que facilitam a comercialização e estocagem.


As indústrias mais importantes da capital são a ArcelorMittal Tubarão (antiga CST) e a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), esses portos, junto com vários outros do estado, formam o maior complexo portuário do Brasil.

Vitória também é conhecida como "Cidade Sol" e "Cidade presépio". Guanaaní ou "Ilha do Mel", este criado pelos indígenas, os primeiros habitantes da ilha.


Os índios deram esse nome devido a beleza da geografia diferente da cidade e pela amenidade do clima com a baía de águas piscosas e o imenso manguezal repleto de peixes, moluscos, e a diversidade das aves. A cidade tem o apelido de Vix (assim como São Paulo tem de Sampa, Aracaju de Aju, Florianópolis de Floripa), devido à sigla do aeroporto da cidade (VIX).

A capital capixaba conta com diversas praias, as quais não se apresentam tão extensas em razão do tamanho da ilha. Entre as mais conhecidas está a praia de Camburi, na parte continental da cidade. Com seis quilômetros de extensão, é a maior praia de Vitória, sendo totalmente urbanizada e a mais freqüentada pelos turistas.

                                                        Praia de Camburí

A vegetação da ilha é coberta por floresta tropical, tendo também uma vegetação litorânea, com espécies de fauna e flora. Parques, como Augusto Ruschi com uma vegetação de Mata Atlântica, contando com certas espécies de plantas.

Parque Augusto Ruschi

Outros lugares que valem a pena conhecer em Vitória:


Terceira ponte de Vila Velha

Canal de Camburí

Penedo de Vitória: medindo 136 metros de altura, esta montanha-ilha é o símbolo máximo da baía de Vitória


Ilha das Caieiras:teve origem com o primeiro donatário da capitania do Espírito Santo, Vasco Fernandes Coutinho, durante a colonização do estado.

 
Forte São João:Construído no século XVII na entrada da baía de Vitória, é a única fortificação que se preservou na Ilha que possuía mais quatro fortes para a defesa contra invasores holandeses, franceses, espanhóis e navios pirata

Catedral de Vitória: sua construção foi iniciada na década de 1920. A catedral é um símbolo da arquitetura histórica da ilha. Vitrais são o maior destaque.

Teatro Carlos Gomes: construído na década de 1920, é um importante imóvel cultural e artístico


Capela de Santa Luzia: erguida no século XVI, é a construção mais antiga da cidade.

 
A Igreja é um bem tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), ato que se deu em 20 de março de 1950

 
Pier de Iemanjá: localizado na praia de Camburi, é um importante ponto turístico de Vitória.


  Parque Pedra da Cebola: destaca-se pela vegetação rupestre e de restinga associada a elementos naturais rochosos. O parque recebe o nome de uma pedra que - segundo uma lenda - assumiu a forma semelhante a uma cebola pelas forças da natureza. É palco de grandes eventos e conta com espaço cultural, templo zen budista e área para prática de esportes como alpinismo e observação de animais.


Centro Histórico

Palácio Anchieta: contruído pelos Jesuítas no século XVI, o Palácio Anchieta abriga desde o século XVIII a sede do Governo Estadual. De frente para o mar, com vista para o Porto de Vitória, a contrução guarda o túmulo do padre jesuíta José de Anchieta, e é uma das sedes de governo mais antigas do Brasil.

 
Aeroporto Eurico de Aguiar Sales



Fontes:
 
Postado por:
http://conhecendomelhorobrasil.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mensagem do formulário de comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget